CURSO DE PATOLOGIA DOS SISTEMAS HIDRÁULICOS E SANITÁRIOS - ONLINE

Extensão - Modalidade: Online
 /   /  Online
  • Em breve próxima turma

Disciplinas

1 - CONTEÚDO DO CURSO

PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUA FRIA

- Considerações gerais;

- Manifestações patológicas em reservatórios de água fria;

- Falta d’água na rede de distribuição;

- Falta d’água no reservatório;

- Patologia decorrente da qualidade da água do sistema predial;

- Anomalias e vícios construtivos em sistemas de recalque;

- Manifestações patológicas em bombas centrífugas;

- Pressão na rede predial em desconformidade com a NBR 5626;

- Pressões mínimas e máximas em sistemas prediais;

- Dispositivos controladores de pressão nas instalações prediais;

- Manifestações patológicas em pressurizadores;

- Manifestações patológicas em válvulas redutoras de pressão;

- A influência das perdas de cargas no cálculo da pressão dinâmica;

- Vazão insuficiente nos pontos de utilização de água;

- Incidência de ar nas tubulações;

- Vazamentos nas tubulações;

- Detecção de vazamentos não visíveis;

- Vazamentos causados pelo fenômeno do “par galvânico”;

- Vazamentos em tubos e conexões unidos por juntas soldáveis;

- Vazamentos causados por rupturas em tubulações de PVC;

- Vazamentos causados por ruptura das conexões;

- Vazamentos em torneiras;

- Vazamentos em torneiras de acionamento por sensor;

- Manifestações patológicas em válvulas de descarga;

- Ruídos e vibrações nas instalações prediais de água fria;

- Ruídos e vibrações provenientes das bombas de recalque;

- Ruídos e vibrações decorrentes do funcionamento das instalações;

- Ruídos causados pelo golpe de aríete;

- Rupturas causadas por sobrepressão (golpe de aríete);

- Entupimento das tubulações pela presença de incrustações;

- Entupimento de chuveiro.


PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUA QUENTE

- Uso inadequado de materiais;

- Corrosão de tubos metálicos;

- Vazamentos em tubulações de cobre;

- Deformações em tubulações de plástico por temperatura e pressão excessiva;

- Deformação da tubulação de água fria por retorno de água quente;

- Rupturas causadas pelo efeito da dilatação e contração térmica;

- Demora na chegada de água quente no ponto de consumo;

- Aquecimento insuficiente de água;

- Patologia dos aquecedores;

- Perda térmica devido ao desempenho dos aquecedores;

- Problemas relacionados ao desempenho de aquecedores a gás;

- Vazamentos em aquecedores a gás;

- Problemas relacionados ao desempenho de aquecedor solar;

- Vazamentos em reservatório térmico.


PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUAS PLUVIAIS

- Considerações gerais;

- Infiltração de água em telhado;

- Transbordamento por seção insuficiente de calhas;

- Transbordamento de calha por ausência de declividade;

- Transbordamento em calha por seção insuficiente de condutores;

- Transbordamento por entupimento dos condutores;

- Vazamentos em calhas por falhas de execução;

- Infiltração de água em telhado por erros na colocação de rufos;

- Vazamentos em condutores verticais;

- Rupturas em tubos por subpressão (vácuo);

- Ressecamento de condutores aparentes (expostos ao sol);

- Vazão concentrada de água sobre telhados;

- Ligação clandestina de águas pluviais em rede de esgoto;

- Uso inadequado de águas pluviais em sistemas prediais.


PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ESGOTO

- Considerações gerais;

- Mau cheiro nas instalações de esgoto;

- Rompimento do fecho hídrico dos desconectores;

- Vedação inadequada ou ausência da saída da bacia sanitária;

- Sistema ineficiente de vedação de caixas de inspeção e de gordura;

- Ausência ou ventilação incorreta do sistema de esgoto;

- Acesso de esgoto ao sistema de ventilação;

- Deformações em tubulações de esgoto;

- Flechas excessivas nas tubulações;

- Patologia decorrente de interfaces com os elementos estruturais;

- Vazamentos em tubulações aparentes;

- Vazamentos em tubulações embutidas;

- Vazamentos em tubulações enterradas;

- Vazamentos em pé de coluna;

- Vazamentos em aparelhos sanitários;

- Vazamentos em ralos;

- Retorno de espuma em lavanderias (áreas de serviço);

- Refluxo de águas servidas para o sistema de consumo;

- Retorno de esgoto pela caixa sifonada e bacia sanitária;

- Entupimentos das tubulações de esgoto;

- Entupimento na cozinha;

- Entupimento na área de serviço (lavanderia);

- Entupimento no banheiro;

- Entupimento da bacia sanitária;

- Entupimento do lavatório e ralo do box;

- Entupimento em subcoletores de esgoto;

- Entupimento causado pelo uso inadequado do TE;

- Obstrução de tubulações por ausência de declividade ;

- Entupimento do coletor predial.


UMA VISÃO HOLÍSTICA, SISTÊMICA E PROSPECTIVA DAS MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS EM SISTEMAS PREDIAIS HIDRÁULICOS E SANITÁRIOS

- A importância das instalações hidráulicas e sanitárias na Engenharia Diagnóstica principais causas de manifestações patológicas em sistemas prediais;

- Falhas de projeto: falhas de planejamento e concepção sistêmica, falhas de compatibilização com os projetos arquitetônico e estrutural, erros de dimensionamento, ausência de especificações de materiais e de serviços, insuficiência ou inexistência de detalhes construtivos;

- Falhas de execução: falta de fiscalização, modificação do projeto, uso de materiais inadequados, baixa qualificação de mão de obra, uso de ferramentas inadequadas;

- Falhas relativas a qualidade dos materiais: durabilidade das tubulações, redução da vida útil da tubulação decorrente da qualidade da água, normas aplicáveis;

- Falhas decorrentes do uso das instalações;

- Práticas inadequadas e gambiarras nas instalações.

Online 0h
2 - PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUA FRIA

  • Considerações gerais
  • Manifestações patológicas em reservatórios de água fria
  • Falta d’água na rede de distribuição
  • Falta d’água no reservatório
  • Patologia decorrente da qualidade da água do sistema predial
  • Anomalias e vícios construtivos em sistemas de recalque
  • Manifestações patológicas em bombas centrífugas
  • Pressão na rede predial em desconformidade com a NBR 5626
  • Pressões mínimas e máximas em sistemas prediais
  • Dispositivos controladores de pressão nas instalações prediais
  • Manifestações patológicas em pressurizadores
  • Manifestações patológicas em válvulas redutoras de pressão
  • A influência das perdas de cargas no cálculo da pressão dinâmica
  • Vazão insuficiente nos pontos de utilização de água
  • Incidência de ar nas tubulações
  • Vazamentos nas tubulações
  • Detecção de vazamentos não visíveis
  • Vazamentos causados pelo fenômeno do “par galvânico”
  • Vazamentos em tubos e conexões unidos por juntas soldáveis
  • Vazamentos causados por rupturas em tubulações de PVC
  • Vazamentos causados por ruptura das conexões
  • Vazamentos em torneiras
  • Vazamentos em torneiras de acionamento por sensor
  • Vazamentos em torneiras de acionamento por sensor
  • Manifestações patológicas em válvulas de descarga
  • Ruídos e vibrações nas instalações prediais de água fria
  • Ruídos e vibrações provenientes das bombas de recalque
  • Ruídos e vibrações decorrentes do funcionamento das instalações
  • Ruídos causados pelo golpe de aríete
  • Rupturas causadas por sobrepressão (golpe de aríete)
  • Entupimento das tubulações pela presença de incrustações
  • Entupimento de chuveiro


Online 0h
3 - PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUA QUENTE

  • Uso inadequado de materiais
  • Corrosão de tubos metálicos
  • Vazamentos em tubulações de cobre
  • Deformações em tubulações de plástico por temperatura e pressão excessiva
  • Deformação da tubulação de água fria por retorno de água quente
  • Rupturas causadas pelo efeito da dilatação e contração térmica
  • Demora na chegada de água quente no ponto de consumo
  • Aquecimento insuficiente de água
  • Patologia dos aquecedores
  • Perda térmica devido ao desempenho dos aquecedores
  • Problemas relacionados ao desempenho de aquecedores a gás
  • Vazamentos em aquecedores a gás
  • Problemas relacionados ao desempenho de aquecedor solar
  • Vazamentos em reservatório térmico


Online 0h
4 - PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUAS PLUVIAIS

  • Considerações gerais
  • Infiltração de água em telhado
  • Transbordamento por seção insuficiente de calhas
  • Transbordamento de calha por ausência de declividade
  • Transbordamento em calha por seção insuficiente de condutores
  • Transbordamento por entupimento dos condutores
  • Vazamentos em calhas por falhas de execução
  • Infiltração de água em telhado por erros na colocação de rufos
  • Vazamentos em condutores verticais
  • Rupturas em tubos por subpressão (vácuo)
  • Ressecamento de condutores aparentes (expostos ao sol)
  • Vazão concentrada de água sobre telhados
  • Ligação clandestina de águas pluviais em rede de esgoto
  • Uso inadequado de águas pluviais em sistemas prediais.


Online 0h
5 - PATOLOGIA DAS INSTALAÇÕES DE ESGOTO

  • Considerações gerais
  • Mau cheiro nas instalações de esgoto
  • Rompimento do fecho hídrico dos desconectores
  • Vedação inadequada ou ausência da saída da bacia sanitária
  • Sistema ineficiente de vedação de caixas de inspeção e de gordura
  • Ausência ou ventilação incorreta do sistema de esgoto
  • Acesso de esgoto ao sistema de ventilação
  • Deformações em tubulações de esgoto
  • Flechas excessivas nas tubulações
  • Patologia decorrente de interfaces com os elementos estruturais
  • Vazamentos em tubulações aparentes;
  • Vazamentos em tubulações embutidas
  • Vazamentos em tubulações enterradas
  • Vazamentos em pé de coluna
  • Vazamentos em aparelhos sanitários
  • Vazamentos em ralos.
  • Retorno de espuma em lavanderias (áreas de serviço)
  • Refluxo de águas servidas para o sistema de consumo
  • Retorno de esgoto pela caixa sifonada e bacia sanitária
  • Entupimentos das tubulações de esgoto
  • Entupimento na cozinha
  • Entupimento na área de serviço (lavanderia)
  • Entupimento no banheiro
  • Entupimento da bacia sanitária
  • Entupimento do lavatório e ralo do box
  • Entupimento em subcoletores de esgoto
  • Entupimento causado pelo uso inadequado do TE
  • Obstrução de tubulações por ausência de declividade
  • Entupimento do coletor predial


Online 0h

Receba o programa do curso
Para receber informações sobre os valores, data de início, local de realização, favor preencher o formulário abaixo:

Conteúdos Relacionados

  • Em breve próxima turma
Fale com o Coordenador
  • Carga Horária 20 horas
  • Duração 1 final de semana
  • Dias e Horários
    (Aulas em 01 final de semana por mês)

Depoimentos

Aprenda tudo sobre manifestações patológicas nas instalações prediais Não perca tempo! Torne-se um Profissional de sucesso